Picape agora tem diferenças visuais mais marcantes entre as versões.

Chevrolet S10 High Country Divulgação/Chevrolet A Chevrolet revelou nesta terça-feira (28) a linha 2021 da S10.

Além das novidades visuais, a picape também ficou mais equipada, focando em itens de conveniência e segurança.

Os preços partem de R$ 169.200 nas versões a diesel. A principal mudança na aparência está na grade frontal, que passa a tomar grande parte da dianteira do modelo, enquanto os faróis auxiliares foram realocados em uma posição mais alta.

Pela primeira vez, a S10 recebe diferenças visuais mais marcantes para diferenciar versões.

Na topo de linha High Country (acima), buscando um apelo mais esportivo, a grade é toda escura e traz o nome Chevrolet em uma barra central, com destaque.

Com isso, a gravata dourada foi deslocada para baixo, à esquerda. Chevrolet S10 LTZ Divulgação/Chevrolet Nas demais versões, como na LTZ (acima), a grade tem barras cromadas e a gravata dourada volta ao centro.

Para estas, o apelo é de mais sofisticação visual.

Em todas, os faróis permanecem os mesmos, com iluminação halógena e LEDs para função diurna e posição. A traseira da picape segue sem alterações, com exceção do sistema de amortecedor da tampa que, segundo a marca, torna a operação de manuseio mais suave.

O item é de série na versão mais cara e acessório para as demais (LS, Advantage, LT e LTZ). Chevrolet S10 High Country Divulgação/Chevrolet Esta matéria está em atualização.